segunda-feira, 18 de julho de 2016

Exm.ª Provedora dos Ouvintes da Antena 1, Drª Paula Cordeiro


Senhora provedora, ando há uma data de tempo para lhe escrever. Mas, por desmazelisse, não o tenho feito. Apesar do assunto ser deveras importante e enervante. Concordará comigo que, dar voz ao povo, para além de um preceito constitucional, é fortalecer a democracia. Assim, é incompreensível ( ou talvez não…) que tenham, desde há algum tempo, reduzido o espaço destinado ao programa “ Antena Aberta”em cerca de 10 minutos. Anteriormente, o programa começava imediatamente a seguir ao noticiário das 11 horas. Agora, acaba o noticiário, e, como se não soubessem, perguntam ao António Jorge ou a quem faz o programa, qual o tema do mesmo,põem uma música e só depois começa. Antes, terminava ao meio-dia. Agora, termina às 11.55. Descontando o tempo destinado aos convidados,ficam os ouvintes com uns escassos 20/25 minutos. Hoje, por exemplo, sabe quantos falaram? 4. Acha que isto é razoável, Senhora procuradora? Ainda por cima, tratando-se de uma rádio pública! Sei de outros ouvintes revoltados com esta injustificável medida. Fará os que desconheço! Mas imagino.
Era isto, Senhora provedora! Portanto, dentro das suas possibilidades, veja lá se olha por este direito dos ouvintes, que é como quem diz, da democracia.
Grato pela atenção que, por certo, dispensará ao assunto, saudações cordiais!
Francisco Ramalho
Corroios, 18 de Julho de 2016


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.