terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A PROPÓSITO DA INDISCIPLINA NAS SALAS DE AULA

Hoje tem sido noticia de jornais e telejornais, o aumento da indisciplina nas salas de aula.
Redutora a analise na minha modesta opinião. A indisciplina e a falta de saber ser e saber estar não se confina às paredes das salas de aula.
É infelizmente algo transversal na nossa sociedade e também não se restringe aos nossos jovens, apesar do objecto de analise hoje serem eles.
Não é a primeira vez que reflicto sobre isto, mas hoje, curiosamente ou talvez não, a noticia e os números apresentados, chocaram com uma magnifica entrevista que li com o psiquiatra chileno de 75 anos, Claudio Naranjo .
Mais abaixo deixo-vos o link e o desafio de lerem.
Não duvido que haja indisciplina nas escolas porque choco com ela todos os dias na rua e portanto nas aulas não deve ser muito diferente.
Contudo, acho que o problema não está só nos nossos jovens e por isso atrevo-me a sugerir-vos que leiam o que diz este especialista.
A mim deu-me que pensar, acreditem :) :) .
A certa altura fizeram-lhe esta pergunta:
Você diz que para mudar o mundo é preciso mudar a educação. Qual é o problema da educação e qual é a sua proposta?
Ele respondeu :
“O problema da educação não é de forma alguma o que os educadores pensam que é.
Acreditam que os alunos não querem mais o que eles têm a oferecer.
Aos alunos vão querer forçar uma educação irrelevante e estes se defendem com distúrbios de atenção e com a desmotivação.
Eu acho que a educação não está a serviço da evolução humana, mas sim da produção ou da socialização.
Esta educação serve para adestrar as pessoas de geração em geração, a fim de continuarem sendo manipulados como cordeiros pela mídia.
Este é um grande mal social, querer usar a educação como uma maneira de embutir na mente das pessoas um modo de ver as coisas que irá atender ao sistema e a burocracia.
Nossa maior necessidade é evoluir na educação, para que as pessoas sejam o que elas poderiam ser.
A crise da educação não é uma crise, entre as muitas crises que temos, uma vez que a educação é o cerne do problema. O mundo está em uma profunda crise por não termos uma educação voltada para a consciência. Nossa educação está estruturada de uma forma que rouba as pessoas de sua consciência, seu tempo e sua vida.”
Agora leiam mais se assim o entenderem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.