sexta-feira, 10 de agosto de 2018

DIAS DE GLÓRIA

Ontem, dia 9 - com sol e temperatura no ponto, avancei por aí acima, para revisitar o "triângulo perfeito". Imperfeito geométricamente, é certo, mas perfeito em tudo o resto.

Almoço em Covelinhas, num terraço com vista geral da aldeia e do Rio Douro. Cheguei a pensar se tenho pena de quem desperdiça avultadas quantias à procura de lugares com estrelas com nome de pneu. Mas não.

Subi até Galafura, e lá estava Torga, à espera do meu abraço, como sempre. E ali ficámos por longo tempo a contemplar a mais bela paisagem do planeta!!!

Depois Sabrosa, com indispensável encontro com aqueles a que me ligam laços familiares (já distantes). Como está linda, a terra que viu nascer o meu Pai!

Hoje, dia 10 - como de costume, peguei no carro,  para ir levar a Baixinha à escravatura e, também como de costume, na curta viagem, liguei para a Comercial, e o que ouço? Mafalda Veiga e o clássico Pássaros do Sul, com Miguel Araújo. Sublime! Sublime!

O que fiz, para merecer tanta, tanta (nem sei o que dizer) ?

José Valdigem

1 comentário:

  1. Eu bem disse que o Torga anda muito pela minha vida! Esta é a segunda vez no blogue e a terceira foi no jornal. mas percebo o seu êxtase pois Galafura é realmente bela. Deixá-la-ei mais para o Outono pois, neste momento, o mar de Maiorca chama por mim... embora saiba que comerei pior (nem tanto...) que em Covelinhas! Quanto a Mafalda Veiga... é sempre o "máximo"!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.