quinta-feira, 27 de julho de 2017

A 27 de Julho de 1970, morre o ditador António de Oliveira Salazar

Resultado de imagem para salazar



A 27 de Julho de 1970, morre, em Lisboa, o ditador António de Oliveira Salazar, foi um estadista nacionalista português que, além de chefiar diversos ministérios, foi presidente do Conselho de Ministros e professor catedrático de Economia Política. Foi Ministro das Finanças entre 1928 a 1932 e dirigiu os destinos de Portugal como Presidente do Conselho de Ministros, entre 1932 e 1968, altura em que, por ter caído de uma cadeira e haver ficado inutilizado para o desempenho de tarefas governativas é substituído por Marcelo Caetano.
Curiosamente, no dia em que o povo tem conhecimento da sua morte, realiza-se o Exame Nacional de Português. O Texto a analisar é a cena IV do Acto III de Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett. Telmo, o fiel escudeiro de D. João de Portugal, quando este aparece vestido de Romeiro diz “Meu Deus, meu Deus, levai o velho que já não presta para nada, levai-o, por quem sois!” Claro está que o meio estudantil conotou ironicamente esta passagem textual com a morte de Salazar.
Nasceu a 28 de Abril de 1889, no Vimieiro, no Distrito de Viseu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.