sexta-feira, 28 de julho de 2017

PARTICIPAÇÃO DAS NOSSAS 'MIÚDAS' NO EUROPEU NÃO PODIA TER SIDO MELHOR

Resultado de imagem para participação de portugal no europeu feminino na Holanda
Finalmente a selecção nacional de futebol feminino inscreveu o seu nome na história de uma fase final de uma grande competição - no 12.º Campeonato Europeu de Futebol Feminino, que se está a realizar nos Países Baixos. Não tendo conseguido passar da fase de grupos e tendo ficado integrada no Grupo D, conjuntamente com a Inglaterra (derrota por 1-2), com a Espanha (derrota por 0-2) e com a Escócia (uma vitória por 2-1), a derrota sofrida hoje ao final da tarde em Tilburgo, frente às britânicas, atirou a equipa lusa para o último lugar do respectivo grupo D.
Mas não considero que tivesse sido uma fraca prestação neste campeonato, pelo contrário, e em especial no jogo de hoje frente à Inglaterra provavelmente somente faltou um pouco mais de sorte. Não será contudo exagero da minha parte afirmar que, "quiçá", merecíamos estar presentes pelo menos nos quartos-de-final. Mas a falta de experiência foi um dos factores mais fortes, que marcaram muitas das nossas jogadoras. No entanto, não se deve tirar mérito ao esforço que sempre apresentaram em cada jogo em que participaram. Mas saímos de cabeça bem erguida, do dever cumprido, sendo motivo de grande orgulho para todos os que fizeram parte desta equipa e decerto deixaram boa impressão nos Países Baixos - um país densamente povoado, que é igualmente conhecido por seus moinhos de vento, tulipas, tamancos, cerâmica de Delft, queijo gouda, artistas visuais, bicicletas e, além disto, pelos valores tradicionais e virtudes civis, tais como a sua tolerância social, tendo-se tornado conhecido pela sua política liberal, em relação a muitos aspectos sociais da vida daquela população, sendo como tal um dos países com melhor qualidade de vida do mundo, factor pelo qual possui um dos melhores índices de Desenvolvimento Humano da Europa e do Mundo.
Para a nossa selecção, que era das 16 selecções presentes neste europeu a última no ranking, no fundo não estiveram mal, honraram a camisola que vestiram. Fica para a história e para o currículo futebolístico de cada uma destas jovens o facto de terem sido as primeiras a participar num Europeu, num grupo comandado e muito bem pelo treinador Francisco Neto e o seu "staff técnico". O sonho de terem participado pela primeira vez numa fase final de uma grande competição, de futebol, ficará na memória deste conjunto de jogadoras.
Parabéns às nossas "miúdas", as que jogaram, e às outras que por motivos tácticos não chegaram a fazer qualquer minuto, mas que podem sentir orgulho de terem pertencido a esta grande equipa. Foi uma grande experiência, para toda esta equipa. Não podia ter sido melhor.
(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os Leitores" do
  Jornal RECORD de 28 de Julho de 2017)
MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.