quinta-feira, 20 de julho de 2017

Lei da rolha, ou lei do bom senso?

Nenhum texto alternativo automático disponível.
O quartel-general da ANPC – Autoridade Nacional de Protecção Civil -, que está localizado na centralizadora Lisboa, decidiu chamar a si todas as informações, acerca da calamitosa e mortífera ‘estação’ dos incêndios, que todos os anos devora o país.
Logo, a Liga dos Bombeiros Portugueses, através do seu presidente, ficou muito chocada por lhe terem tirado o pio.
E, de imediato, o principal opositor ao governo apodou tal situação – de boca calada – de lei da rolha.
Eu chamar-lhe-ia de lei do bom senso, para não acontecer como aquele triste episódio protagonizado precisamente por Passos Coelho, ao afirmar que já tinham havido suicídios por falta de apoio social e psicológico às vítimas de Pedrógão, em informação erradamente obtida através de um seu correligionário a concorrer a uma câmara municipal local, para logo ser desmentido por fonte fidedigna de que tal afirmação passista era um verdadeiro logro.
Resumindo, quando de propósito e erradamente se fala, não entra mosca! Dizem-se asneiras!

nota - texto publicado pelo PÚBLICO de 22/7/2017

José Amaral

3 comentários:

  1. Ó senhor Amaral, olhe que esta ministra é mesmo diabólica... Então não é que manda colocar seguranças fortemente armados à porta dos incêndios para que Martas, Coelhos e o raio que os parta não possam lá ir espreitar e divertir-se a ver arder?!

    ResponderEliminar
  2. Confesso que não vejo ligação entre a informação oficial sobre incêndios e as palavras dos políticos, bem exemplificada nos tristes comentários de Passos Coelho. A estes últimos "ninguém os cala", nem pode e ainda bem.

    ResponderEliminar
  3. Na minha modesta opinião acho que a srª Ministra tem razão. Não bastava os incêndios as mortes e os feridos a ainda ocorrer que as TV (todas) ao entrevistar os "faladores", bem lá no meio dos incêndios, interrompendo o serviço, sendo obrigados a pousar as mangueiras no chão, como se vê diariamente e amiudadas vezes, podendo ficar chamuscados e virem pedir uma choruda indemnização. Era o que mais faltava ! Calem-se todos e deixem-me explicar tudo porque estou totalmente afónica !!!.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.