terça-feira, 26 de abril de 2016

A GAFE DO PM (DN FEV 2012) - - -- O SPECIAL ONE DA ECONOMIA (DESTAK JAN 2012)

Amigo José Ernesto, como pode verificar já me referi a Catroga várias vezes. Duas foram publicadas, pelo menos em parte. Como tenho a impressão de não as ter transcrito para este espaço,  aproveito para o fazer neste momento. Cumprimentos

A GAFE DO PM (DN FEV 2012)

Sá Carneiro tinha o sonho de conseguir, para benefício de Portugal, uma maioria, um Governo, um Presidente. Passos Coelho conseguiu concretizar este sonho, graças à "pieguice" que os Portugueses manifestaram nas últimas eleições por estarem cheios da forma como estavam a ser governados. Ao ouvir, fugazmente e pela primeira vez a sua intervenção, pensei que se referia aos políticos "piegas" que se lamentam por terem trocado a carreira privada pela pública com grandes prejuízos financeiros para si próprios. Mais tarde, ouvi melhor e concluí que se referia aos portugueses em geral. A sua "gaffe" só não teve maiores repercussões, pois ficou soterrada pela trágica queda da parede do Mercado de Setúbal. PC, com esta atitude, mostra não ter qualidades de estadista para ocupar a cadeira de Sá Carneiro, mesmo que tenha querido dar uma alfinetada a Cavaco Silva, este sim, quando, num momento menos feliz, ter tido o seu momento de "pieguice". Quando PC é obrigado, por erros passados, a tomar medidas tão nefastas para os trabalhadores e pensionistas, não teremos o direito de ser "piegas?" Desafio-o a fazer este pequeno exercício: governe a sua casa com o ordenado mínimo, com a esposa desempregada já sem direito ao subsídio, com filhos, sem auxílio familiar e quero ver se não é "piegas". Já tive a oportunidade de tornar pública uma carta, onde lhe recomendava uma troca de impressões com Tony Carreira para ver como conseguir uma empatia tão grande e genuína com o povão. Pelos vistos, preferiu aconselhar-se com Catrogas e companhia. Infelizmente, os resultados estão à vista de todos. Não escondo que fui dos que contribuíram para que aquele sonho fosse concretizado, daí ser com muita mágoa estar a assistir à queda da sua popularidade, destruindo o sonho de Sá Carneiro, num momento tão grave e de austeridade como este que o País atravessa. Jorge Morais

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O SPECIAL ONE DA ECONOMIA (DESTAK JAN 2012)


Ao contrário da grande maioria, fiquei descansado ao ouvir Eduardo Catroga quando justificou a sua nomeação para o cargo na EDP, onde irá auferir anualmente a ninharia aproximada de 600.000 pintelhos, perdão, euros, a que acrescem 10% dos lucros, pois diz ele que na área da economia é um fora de série, tal como CR7 e Di Maria o são a grande área. Ora estes atletas auferem grandes quantias, pois na realidade fazem a diferença e justificam aquilo que ganham ao darem grandes espectáculos e assim sendo, Eduardo Catroga, irá da mesma forma fazer a diferença e que vai consistir em fazer o contrário daquilo que tem sido feito na EDP, que é aumentar todos os anos a nossa factura da electricidade, este "chairman" vai conseguir fazer o inverso, ou seja, baixar o preço do KW e em simultâneo aumentar os lucros da empresa. Este milagre da economia é tão grande, que cerca de 21,35% do capital da EDP ficou com os olhos em bico. E assim ficaremos todos nós, consumidores, ao conferirmos a futuras facturas. Jorge Morais










 

 

 

 

 



 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.