quarta-feira, 27 de abril de 2016

Paulo Baldaia II

Paulo Baldaia, diretor da TSF, usou o Facebook para comentar o caso-Banif, numa altura em que o banco acaba de ser vendido ao Santander, num negócio com custo elevado para os contribuintes. Baldaia fala numa "vergonha", deita por terra o Governo de Passos Coelho e sugere ao PSD "aplaudir de pé" António Costa, pelo facto de o primeiro-ministro ter dado a cara.

O primeiro-ministro António Costa fez ontem uma declaração ao país, onde deu conta de um negócio ruinoso para os contribuintes – que se simplifica com um encaixe de 150 milhões de euros pela venda do Banif, mas com perdas para o Estado e para os contribuintes de 700 milhões de euros.

António Costa admitiu que este foi o mal menor e revelou que o problema do Banif foi escondido desde o início do ano.

Um curto post de Paulo Baldaia no Facebook, em reação ao problema do Banif, foi extremamente duro para com o anterior Governo. O diretor da TSF fala numa "vergonha" e sugere mesmo aos sociais-democratas que aplaudissem Costa "de pé e cabeça baixa".

"António Costa veio hoje dar a cara pela solução que foi encontrada para o Banif. O que é mesmo lamentável, vergonhoso mesmo, é que tudo tenha sido decidido em cima do joelho, tornando a resolução pior do que podia ter sido", começou por escrever Baldaia.

A ideia forte vem no parágrafo seguinte, que é reproduzido, ipsis verbis, sem mudar uma vírgula.

"O que o anterior governo fez com este processo, escondendo a porcaria debaixo do tapete, para não ter mais uma chatice a caminho das eleições, é vergonhoso e imperdoável. O melhor que o PSD tem a fazer é aplaudir de pé e cabeça baixa. Costa até nisso lhes deu uma lição. Deu a cara pela decisão, não se escondeu", escreveu.

Transcrito por Jorge Morais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.