quinta-feira, 21 de abril de 2016

A COMISSÃO EUROPEIA E RESTANTE QUADRILHA


A Comissão Europeia, (CE) que é o governo da União Europeia, advertiu, (para não dizer mandou) que o Governo português não permita qualquer aumento ao paupérrimo Ordenado Mínimo Nacional. Isto, num país que para além de tantas carências básicas conhecidas,já uma significativa percentagem de crianças anda subalimentada, o que põe em causa o seu harmonioso crescimento físico e intelectual. E, apesar do exército de desempregados,a CE, que concordou com o aumento da idade de reforma, não concorda com o horário das 35 horas. Elogiando o anterior governo,avisa ainda a CE, que as reformas ( leia-se, maior precarização do emprego e despedimentos) teem que continuar. Finalmente,fazendo coro com o BCE e o FMI,tudo isto, diz a CE, para conter o déficit e assegurar a sustentabilidade da economia nacional. E dizemos nós, que se não nos opusermos firmemente a esta quadrilha, tornamo-nos numa multidão de famintos. Pior ainda! Perdemos até a coisa mais preciosa: a nossa dignidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.