domingo, 24 de abril de 2016

ESCÓRIA HUMANA

                              AINDA A DESTITUIÇÃO DA PRESIDENTE DILMA

No seu habitual espaço dominical no JN escreve hoje José Manuel Diogo que o Brasil dá um mau exemplo à humanidade, confirmando que não é nada por acaso que “podre” e “poder” se escrevem com as mesmas letras, citando Jorge Luís Borges.
E serve-se de um trabalho da jornalista brasileira Eliane Trindade, da “Folha de São Paulo”, que entrevistou uma “moça de programa” a quem sete daqueles deputados “patriotas”, que votaram pela destituição da presidente, pagam bem para que os ajude a “lutar” pelo Brasil.
“Um espectáculo sem precedentes, que vai envergonhar por muito tempo todos os brasileiros decentes” – escreve José Manuel Diogo ; mas até  acabou por ser boa a forma como aquela gente declarou ao mundo a razão do seu voto “sim”.
De facto, ficou a conhecer-se melhor a real qualidade de grande parte dos representantes eleitos do povo brasileiro e como se urdem as teias em que aquele grande país se vê enredado, onde até um porco não se coibiu de dedicar o voto a um torcionário dos lutadores pela liberdade, de quem a própria Dilma tinha sido vítima na juventude.

                                          Amândio G. Martins


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.