quinta-feira, 28 de abril de 2016


PÚBLICO QUA 27 ABR 2016


O PR (e bem) a unir e parte do anterior Governo contra tudo



Como seria de esperar temos o PR, Marcelo Rebelo de Sousa, muito bem na Presidência da República, a “puxar” pela unidade do país e com o Governo actual legítima e democraticamente eleito, e a pedir “humildade” aos que hoje estão, necessariamente, na oposição. E parte destes — e ainda bem que nem todos, dado que a direita mais à direita parece mais “civilizada” — não escondem o desgosto de não continuarem governo.

Bem, como o nosso PR bem entendeu e a maioria de nós — mais de 50%, faz maioria! —, o Governo que hoje tem possibilidade de o ser é o que lá está, ponto. E até na Desunião Europeia já está como adquirido que este é o Governo.

(...) E o actual Governo tem feito os possíveis por ser governo. E tem tentado dar mais ânimo à população e ao país, o que não é fácil, até por termos todos ainda alguns vícios da Ditadura que não passaram completamente ao fim destes 42 anos, e ainda há muita “saudade” de ter alguém que nos trace o destino e nos obrigue a “ir por ali”. (...) Pelo que os que “não” estão lá, por não terem como estar, deveriam olhar o país como o que deve ser defendido e não unicamente os seus postos, o seu poleiro, o seu futuro político.

Esperemos que o Governo consiga fazer obra, uma vez que na economia e no emprego muito está por fazer, e continuemos a contar com o actual Presidente da República que neste tempo nada fácil está a fazer muito bem o que não foi feito nos últimos mais de dez anos.



Augusto Küttner de Magalhães,

Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.