quinta-feira, 21 de abril de 2016

MAIS DECÊNCIA

                                                            “COLÉGIOS EM PÂNICO”

Parece que, finalmente, vai ser posto cobro às negociatas que permitiam a escolas privadas desviar da escola pública grande número de alunos, recebendo do Estado enormes somas de dinheiro em prejuízo do ensino de acesso democrático.
E já não é sem tempo ter aparecido alguém a tomar a iniciativa de acabar com tal escândalo. De facto, que haja estabelecimentos de ensino privado para quem o queira pagar, nada a opor; que essas empresas se instalem nas “barbas” da escola pública, aliciem os pais dos estudantes a mudar para lá os filhos e tenhamos de ser nós todos a pagar o luxo é coisa que só teria lembrado a trambiqueiros cujo objectivo na vida é conseguir uma boa “mamata”.
Acresce que nem a qualidade de muitos desses estabelecimentos privados merece qualquer respeito, como já foi várias vezes denunciado, com situações até de falsificação de notas finais para que certos meninos possam dar o salto para o ensino superior, e daí para a política, para mais facilmente viverem, descaradamente, à custa do povo que sofre.


                                                        Amândio G. Martins

2 comentários:

  1. 'morte' às escolas privadas e a quem as apoiar.

    ResponderEliminar
  2. Não chegaria tão longe, senhor Amaral... Que haja escolas privadas de qualidade e quem as preferir que as pague. É inconcebível que estas empresas se instalem em áreas bem servidas pela escola pública, aliciem as famílias a matricular lá os filhos e o custo recaia sobre todos.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.