segunda-feira, 25 de abril de 2016

Antes de mente do 24 do que demente do 25



Na minha curta carta publicada na NM desafiava a que me desmentissem caso tivesse dito alguma mentira. Referi-me também ao derrube de sanguinários, ao sacrifício de tanto milhar de cidadão americano na II G.G. e não me alonguei mais ficando-me por aqui lamentando o anti-americanismo de alguns. Claro, que o senhor Francisco Ramalho, correu a mostrar a carta ao comité central pedindo-lhes auxilio para a resposta. Sobre aquilo que pedi, um desmentido, NADA. O resto do seu texto, é a cassete já gasta recheada pela falta de educação e de princípios que mesmo que se afogue numa piscina de chá, já não vai a tempo pois a altura de tomá-lo, é desde a infância. Sem querer descer ao seu nível, digo-lhe o seguinte: cumpri o serviço militar obrigatório e não voluntário; os meus instrutores, que estavam hoje na AR de crava na lapela, mentalizavam os recrutas dividindo uns em brancos e outros em terroristas pintando-lhes a cara de preto; um deles, até era no 24 instrutor da Legião Portuguesa; não esqueço que era muito jovem e no café que frequentava, iam lá dois indivíduos da Legião que após o 25 passaram a ser antifascistas sendo um deles comunista e o outro socialista. Como nunca militei em qualquer partido, sou livre para criticar mesmo aqueles que considero a minha família politica, com “N” cartas publicadas e outras censuradas assim como, e pela positiva, leis e medidas de governos com quem não simpatizo. De si, aquilo que tenho visto é apenas fanatismo anti USA e anti NATO. Como não sei fazer mais nada, no 24 encontrava-me a trabalhar no mesmo local onde ainda hoje, com muito orgulho continuo a dar a minha modesta prestação para o progresso do país. Já agora, tome nota: antes de mente do 24 do que demente do 25. Jorge Morais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.