sábado, 23 de abril de 2016

O 25 de Abril continua a existir!


 O executivo anterior , a A da R que o apoiava e o PR, tudo fizeram para apagar o 25 de Abril. «Esqueceram-se» que esta progressista data foi determinante para a sua actividade política. A inconseguida presidente
do Parlamento teve o despudor de não ter permitido que os Capitães de Abril aí comemorassem aquela data – a mais relevante da nossa História! O regressivo 25 de Novembro interrompeu a Revolução de
Abril. Foi uma má semente, cujas funestas consequências estão aí... à vista desarmada. Do 25 de Abril de Otelo, Salgueiro Maia e demais valorosos destemidos combatentes pela democracia, liberdade, pão e
igualdade de oportunidades, resta poucochinho... Portugal foi o pioneiro mundial dum golpe (ou pronunciamento) militar, inédito até então. Com a ajuda dos movimentos de libertação das Colónias, resistentes anti-fascistas e patriotas, os oficiais progressistas tomaram o Poder – pela Esquerda.
    O 25 de Abril vive no coração do Povo!

    Artigo de opinião da autoria de Vítor Colaço Santos – Tlm:919976299
     Estr. Principal, 34 – Areias
     2705-432 S. JOÃO DAS LAMPAS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.