segunda-feira, 30 de julho de 2018

"Barracada"

O "caso" de Ricardo Robles (RR), vereador do Bloco de Esquerda (BE) na Câmara Municipal de Lisboa é uma "barracada". E um "tiro no pé". Ou melhor, dois, já que o primeiro foi RR que o deu, mas a saída a terreiro, duma forma canhestra e indefensável, do Partido, pela voz da sua coordenadora, transformou uma patetice unipessoal num problema partidário. Quanto ao comportamento de RR, nada o descreve melhor que a rábula que Ricardo Araújo Pereira fez do homem e da situação, no último "Governo Sombra". E se RR não o quer assumir, então, porque não será estúpido, é de uma inconsciência e egotismo teimoso que, pelos vistos, se está a estender ao Partido de que é militante de relevo.

Fernando Cardoso Rodrigues

2 comentários:

  1. Soube agora mesmo (!2:15H) que RR pediu a demissão de vereador e da coordenação da concelhia de Lisboa do BE. Só o dignifica.

    ResponderEliminar
  2. É a velha contradição do "ouçam o que digo, não olhem o que faço"...

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.