quarta-feira, 11 de julho de 2018


Serenidade e disciplina...


Temeu-se uma tragédia até ao dia em que foram encontrados por gente que sabe como enfrentar situações assim; serenidade e competência, aliados ao civismo daquela gente, conjugaram-se para que tudo terminasse com sucesso, embora tenha de se lamentar a morte de um dos socorristas voluntários.

Aos olhos do mundo ficaram bem patentes a disciplina, saber ser e saber estar daquela sociedade; um país duma zona que a pesporrência ocidental costuma pejorativamente chamar de “terceiro mundo” mostrou como se enfrentam situações adversas.

Habituados a ver por cá alguns jornalistas a não respeitarem regra nenhuma, em nome da tão estafada liberdade de informar, atrapalhando socorristas e não hesitando mesmo em filmar cadáveres, porque quanto mais dantesco for o espectáculo servido melhor; habituados aos histerismo geral perante as tragédias, em que quem tem por dever manter a calma e procurar soluções, a primeira preocupação tantas vezes revelada é inventar culpados, só teríamos a ganhar se soubéssemos  aproveitar esta verdadeira lição...


Amândio G. Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.