segunda-feira, 3 de julho de 2017

Desgovernos

Tive esperança "nesta geringonça" . Vejo que são TODOS IGUAIS entre iguais.
Leio no J.N. que os parques eólicos vendem a energia 236% mais cara. Alguém ouviu os
"partidos" da geringonça pedirem na Assembleia da República explicações sobre isto ???  - os pobres não teem voz - nem interessa que tenham ! só existem ( porque são em maior número )  e servem para pagar e calar ! Depois, coitados, tiram baixadas dos postes de alta tensão e são presos por ROUBAR  !. E os que realmente "roubam" vão para a piscina do hotel 5 estrelas onde estão com toda a Família e B.M.W. à porta  !
  
Até ontem o roubo do material nos paióis foi por causa de terem dispensado mais de mil
elementos do exército ! Por essa razão o "BURACO NA REDE " não foi remendado !!!
Hoje já está a ser remendado e a colocarem vigilância electrónica e, pasme-se, sem entrada de novos elementos ! Que pouca vergonha !
A desculpa dada - será porque quantos mais elementos "rasos" entrarem - mais galões são dados aos de cima  ? 
  
Se as leis fossem feitas para pôr cobro ás vigarices - burlas - roubos etc contemplavam a prisão para todos. Só saíam quando tudo estivesse pago ( até as despesas do Tribunal ) ! 

Ainda temos muitos quartéis vagos ( sem mordomias ) para os "albergar"  !!! 


Sousa Machado

5 comentários:

  1. É preciso que sejam milhões a verificarem que o REI VAI NU e não apenas vozes isoladas. Este país está anestesiado com a guerra direita esquerda e não repara na diferença entre honestidade/competência, desaparecida do mercado, e vigarice/oportunismo que cavalga à rédea solta.

    ResponderEliminar
  2. Está aí um calor desgraçado e eu ia era até à Costa dar um mergulho.Ia... mas tenho que ir para a Junta de Freguesia. O amigo Tapadinhas sabe o que é que ganho com isso, mas o senhor Machado não deve saber! Nem nos pode responder porque não foi ele que publicou o texto. Desta vez não concordo consigo amigo Tapadinhas. Finalizo dizendo ( não para si) que igual mesmo, é meter-se dois dedos num sítio que eu não digo, e cheirar um, e cheirar outro. Bons mergulhos para quem poder...

    ResponderEliminar
  3. Tenho que acrescentar uma palavra: Totalmente. "Desta vez não concordo totalmente..."
    Em relação às armas, acho absolutamente inadmissível e tem que haver consequências. Assim que poder vou escrever sobre isso.

    ResponderEliminar
  4. Amigo Ramalho - Eu não atribuo as culpas ao actual governo, mas a uma sucessão de governos, porque como cidadão responsável ando, desde há muito, atento à incúria e irresponsabilidade, que levaram o país ao estado em que está e que, para mal dos nosso pecados, mesmo apesar das maquilhagens, piora todos os dias. Eu não sou tão radical entre esquerda e direita, porque o problema não é somente a ideologia, mas as pessoas que as servem. Eu fui dirigente distrital do PS, já há algumas dezenas de anos, e conheci a máquina partidária por dentro, que acolhe os espertos e não dá protagonismo aos mais competentes. Cansei-me e continuando nessa linha defendo os seus princípios. Contudo, parte dos maiores políticos, que defraudaram o país, são PS e PSD, o que sendo uma realidade, não quer dizer que fiquem carimbados todos os militantes e simpatizantes destes partidos. Não esquecer que a história vai-se construindo e os actuais liberais (hoje quase fora do prazo) eram os progressistas no tempo do absolutismo. A nossa dívida, que é o cancro do país, vai crescendo de hora a hora e isso condiciona tudo, e é para isso que é urgente focar toda a nossa atenção. Parece-me que o Sobral está já a sobrar para todos os momentos, pois até o meu amigo, aproveita a boleia, para introduzir vocábulos relacionados com o desbafo pouco feliz que este artista teve na actuação de benemerência. Não somos obrigados a concordar "totalmente" nas análises sociais, mas, no fundo, desejamos e lutamos por um mundo melhor. Um abraço e mande sempre.

    ResponderEliminar
  5. OK, amigo Tapadinhas! Outro grande abraço para si.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.