terça-feira, 7 de março de 2017

Lá isso é que não


Todos os dias fico surpreendido por saber de assuntos que pensava não existirem. Ou melhor, que seria impensável levá-los à prática com dinheiro alheio.
Mas como ignoto e iletrado que sou, nunca estive numa situação igual àquela que vou explicitar: não participei em qualquer praxe académica, nem sequer em outros actos de igual jaez.
Certamente, se tivesse feito parte dessas brincadeiras de mau gosto, por certo, poderia ter perdido a vida, como aqueles jovens que morreram, não sei como, numa praia.
Agora, saber – ‘mas que parvo que eu sou’ – que as praxes académicas são subsidiadas, lá isso não sabia!
Brincarem – todos os praxistas – com o meu dinheiro, sem sequer os besuntar com bosta, lá isso é que não.

José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.