sábado, 11 de março de 2017

Conservador atroz quer discutir conservadorismo.



  A Faculdade Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, em Reunião Geral de Alunos, votou por maioria uma moção que cancelou uma conferência, cujo orador, Jaime Nogueira Pinto, de extrema-direita e considerando Salazar um perigoso esquerdista(!), iria dissertar sobre:« O Brexit, Le Pen, Trump e populismo». Pelo cancelamento, qual o espanto? A
votada maioria democrática não é representativa?  O evento foi organizado por um movimento de extrema-direita, «Nova Portugalidade», que acha Salazar uma referência(!). Escolheram-no por se enquadrar…
   Comentadores (en)direitados indignaram-se por «monstruosa censura». Até o presidente Marcelo botou sentença:« a não realização foi absurda». Absurda seria realizar-se. Quem os
inimigos viscerais do 25 de Abril poupa, às suas mãos lhe morre! Nogueira Pinto fala a toda a hora e desde Abril/74 não esconde um pensamento dum tipo de fascismo caduco,
bafiento e ainda presente na nossa memória de 48 anos de ditadura…
   A Associação 25 de Abril ficou muito mal na fotografia ao vir a terreiro mostrar-se solidaria com este figurão que destila inclassificável fel contra o de Abril. O presidente da Associação sabe disto, dando um tiro na Instituição, ao defendê-lo. Perturbador e lastimável!
   O tema a tratar é prioritário, não podendo ser conferenciado por quem subliminarmente tem vindo a tomar posições com pontos de contacto, com os temas a discutir…
                                           artigo de opinião de Vítor Colaço Santos

3 comentários:

  1. Embora tente não comentar textos de quem os publica por interposta pessoa (unicamente porque fico a "falar no vazio"), este é dos tais em que é válido dizer: é proibido proibir.

    ResponderEliminar
  2. Sabem com quem Jaime Nogueira Pinto todos os domingos conversa na Antena 1?

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.