sexta-feira, 17 de março de 2017

Jeroen Dijsselbloem : mais um coveiro da social democracia

A velha social-democracia, talvez o sistema político mais justo que já existiu continua a sua decadência através dos tiros nos pés  dados por inúmeras personagens, que posso apodar de tenebrosas e decidiram implodir aquela doutrina  e respectiva organização social. Antes e bem conhecidos, lá estiveram os Srs. Tony Blair e Shroder e agora, o sr "nome esquisito" (recuso-me a escrevê-lo novamente), ministro da Finanças da Holanda e presidente do Europrupo que conseguiu a "brilhante proeza" de fazer com que o Partido Trabalhista holandês perdesse 29 deputados, ficando-se agora pelos nove. Os Srs. Willy  Brandt  e Olf Palme devem estar a dar voltas na tumba!
Onde vão os tempos em os impostos crescentes segundo os ganhos de cada um, com distribuição equitativa através dos sistemas públicos de saúde, educação e outros e sem nivelamento pela pobreza!
O inglês.o alemão e o "novíssimo" holandês planearam o "desastre" que conseguiram! Malditos sejam!
Só mais uma coisa que, vendo bem, não é despicienda. Sabiam que o presidente do Eurogrupo andou a tirar um Mestrado de Economia Empresarial ( tinha que ser, não é?...), não o concluiu mas colocou-o no seu curriculum e só de lá saiu por ordem da Universidade que lho iria conceder?... O carácter está sempre "enquadrado" na personalidade! Se queriam ser neoliberais, apoiantes da austeridade por que não mudaram de partido? Olhem. por exemplo para o nosso PSD que "aproveita o (bom) nome" e "joga pelo adversário ?
Com tristeza e "raiva", sou

Fernando Cardoso Rodrigues

2 comentários:

  1. Caro Fernando,
    Pagar quota e ter cartão do Partido Socialista, Trabalhista ou Social-Democrata não significa sê-lo. Mas, quase sempre, dá muito jeito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já nem falo desses do "cartãozinho", mas das personagens de "topo" (!) que orientaram a social democracia para "cultora do mercado" e se tornaram uma "pastelice" que não é "carne nem é peixe" e, vai daí, pumba por aí abaixo!

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.