sábado, 18 de março de 2017

Pergunta

Desde as 17 horas de ontem, tentei enviar, como tantas vezes faço, um texto sob forma de "cartas ao director" do Público. Fi-lo por quatro vezes, a última das quais há apenas alguns minutos. Recebo sempre a seguinte resposta:

Falha na entrega a estes destinatários ou grupos:
lsantos@publico.pt
A caixa de correio do destinatário está cheia e não pode aceitar mais mensagens. Tente reenviar esta mensagem mais tarde ou contacte o destinatário directamente.

Está a acontecer com toda a gente ou é só comigo? Não tenho a mania da perseguição, mas estou a achar tudo isto muito estranho. Alguém que tenha conhecimento do que se está a passar poderá elucidar-me?
Grato pelas vossas respostas.

7 comentários:

  1. Não o posso ajudar pois não enviei nada para lá.

    ResponderEliminar
  2. Já há algum tempo que não envio nada, mas noto que o endereço "oficial" é(ra?): cartasdirector@publico.pt

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado pelos contributos à minha dúvida.
    Ricardo André, é esse o endereço que sempre utilizo. Aquele lsantos@... não sei de onde vem. Deve tratar-se de algum reencaminhamento automático.
    Um abraço a todos.

    ResponderEliminar
  4. sim, está a acontecer (agora mesmo dia 20 às 9h25h)

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.