sexta-feira, 17 de março de 2017

9 comentários:

  1. Francisco, não é com essa atitude que levamos « a nossa» ao moinho. Foi um lapso. Acontece!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e a Céu acha que eu não concordo que os lapsos acontecem? Só não erra quem não faz. Disse-o a quem o fez. Então e não há pelo menos uma satisfação? Já apaguei até que ela surja ou que façam o que devem fazer: corrigir o lapso.

      Eliminar
  2. Acho que a Céu tem razão, embora pense que deveriam responder ao protesto do Francisco. Já agora, gostaria muito que as interpretações que nós damos a factos similares ou aparentados, era uma das coisas que nos deveria ocupar no encontro do dia 26. Não sei se concordam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernando, se quiser intervir no Encontro, debruce-se sobre esse assunto....digo eu.

      Eliminar
    2. Claro que sim, senão não falava no assunto, Céu! Adianto que embora sejamos um conjunto de pessoas e não um "grupo orgânico, temos coisa boas mas também as temos "más" e há que as debater ( mesmo que com alguma "borrasca" eventual) para não sermos pessoas de enviar somente "abraços fraternais".

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. A linguagem foi aparentemente forte. Aparentemente,porque a quem me referi, não é/são piolhosos. Foi em sentido figurado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah "malandro"! Com que então "sentido figurado"?! Coloque lá o post novamente, pois comentários sem texto inicial, não vale!...

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.