quarta-feira, 15 de março de 2017

Sua majestade o nabo

O NABO (sua majestade), cultivado e criado no concelho de Baião (distrito do Porto), com 6,5 quilos.

3 comentários:

  1. O Murteira Nabo pesa muito mais e, talvez por isso, é uma figura pública e política. Este nabo, mesmo sendo do Baião já não vem a tempo para entrar na dança.

    ResponderEliminar
  2. Existem muitos nabos neste saqueado recanto, suficientes para aguentarem os desmandos que nele se praticam.

    ResponderEliminar
  3. O da foto é um nabo vegetal de Baião. Haverá «nabos» humanos um pouco por todo o lado... por falta de cultura e boa criação.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.