quinta-feira, 16 de junho de 2016

O QUE É UMA FILHA DA PUTICE (FDPTICE)?

Companheiros deste Lugar de Encontros e às vezes de desencontros, infelizmente:
Eis o teor de um correio electrónico acabado de chegar à minha caixa postal, conte não ferir qualquer susceptibilidade daqueles mais sensíveis.

Resultado de imagem para filha da putice


1.   FDPTICE é comparar a Reforma de um Deputado com a de uma Viúva.
 
2.   FDPTICE   é um Cidadão ter que descontar 45 anos para receber Reforma e aos Deputados bastarem somente 3 ou 6 anos conforme o caso e que aos membros do Governo para cobrar a Pensão Máxima só precisam do Juramento de Posse.
 
3.  FDPTICE é que os Deputados sejam os únicos Trabalhadores (???) deste País que estão Isentos de 1/3 do seu salário em IRS.
 
4.   FDPTICE  é pôr na Administração milhares de Assessores (leia-se Amigalhaços) com Salários que desejariam os Técnicos Mais Qualificados.
 
5.   FDPTICE  é a enorme quantidade de Dinheiro destinado a apoiar os Partidos, aprovados pelos mesmos Políticos que vivem deles.
 
6.   FDPTICE  é que a um Político não se exija a mínima prova de Capacidade para exercer o Cargo (e não falamos em Intelectual ou Cultural).
 
7.   FDPTICE  é o custo que representa para os Contribuintes a sua Comida, Carros Oficiais, Motoristas, Viagens ( sempre em 1ª Classe), Cartões de Crédito.
 
8.   FDPTICE é que S. Exas. tenham quase 5 meses de Férias ao Ano (48 dias no Natal, uns 17 na Semana Santa mesmo que muitos se declarem não religiosos, e uns 82 dias no Verão).
 
9.   FDPTICE  é S. Exas. quando cessam um Cargo manterem 80% do Salário durante 18 meses.
 
10. FDPTICE é que ex-Ministros, ex-Secretários de Estado e Altos Cargos da Política quando cessam são os únicos Cidadãos deste País que podem legalmente acumular 2 Salários do Erário Público.
 
11. FDPTICE é que se utilizem os Meios de Comunicação Social para transmitir à Sociedade que os Funcionários só representam encargos para os Bolsos dos Contribuintes.
 
12. FDPTICE é ter Residência em Lisboa e Cobrar Ajudas de Custo pela deslocação à Capital porque dizem viver em outra Cidade.

10 comentários:

  1. Infelizmente o país está prenhe de situações lamentáveis do mesmo teor, mas podemos falar delas sem utilizar palavrões, para não descermos o nosso nível de cidadãos respeitáveis."Para ter razão não é preciso utilizar o palavrão". O Mário, como de costume, sempre em cima da onda. Um abraço lusitano.

    ResponderEliminar
  2. Aprendi ao longo da minha curta vida, que temos que chamar..."os bois pelos nomes", senão não tinha graça nenhuma. Como tal, solicitei, no inicio do texto então publicado, que não queria ferir qualquer tipo susceptibilidades, daqueles mais sensíveis, ou porventura mais pudico.
    Cumprimentos a todos.
    Mário Jesus

    ResponderEliminar
  3. O amigo Mário é um colega de blogue que muito estimo e que me merece muito respeito, não só pela maneira correcta como colabora como ainda pelos vastos conhecimentos que tem e que sempre põe ao serviço da comunidade. Tem ainda a particularidade de homónimo do meu filho, o que me agrada bastante. A referência a palavrões não diz respeito ao meu amigo, porque apenas faz uma transcrição de um documento, da autoria de outros, dos abusos a que estamos sujeitos. Quanto ao nome dos bois, eu preferia antes os nomes dos boys, cada um dá-lhes os nomes que entender e é ao gosto dos padrinhos. Um abraço e conte sempre com a minha admiração e respeito.

    ResponderEliminar
  4. Amigo e Senhor Joaquim Carreira Tapadinhas, espero contudo, continuar a merecer a sua inteira confiança, amizade e o seu respeito que sempre tem vindo a demonstrar.
    Um abraço do,
    Mário Jesus

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Meus Bons Amigos, já estou vacinado contra tanta FDPTICE, mas grato estou por ter sido posto à prova.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  7. Eu e mais uns milhares, que somos membros de Juntas de Freguesia, sabem quanto é que ganhamos? Sabem que benesses temos? Não? Procurem saber! Não estamos à espera de elogios! Mas nunca somos referidos. As prebendas acima descritas, não vinculam todos os políticos nem todos os partidos. E o facto de isso não ser referido, é também uma injustiça. Portanto, tem o valor que tem. Ou seja, na minha opinião,nenhum.

    ResponderEliminar
  8. Senhor Francisco Ramalho, não é meu hábito e feitio, e por norma de educação, eu nunca procuro responder a qualquer opinião e assim criar polémicas, e se me permite é o que muito boa gente neste "blogue", procura sempre polémicas em redor de qualquer assunto, em especial, quanto não lhe cheira lá para os lados "deles": Mas sempre procuro respeitar as opiniões e pontos de vista sempre respeitáveis de outros opinantes. Mas se reparar, e tenho pelo Senhor muito respeito e na conta de uma pessoa inteligente. Se reparar, o texto não fala em membros de Juntas de Freguesia. Correcto? Fala antes dos "chulos" dos deputados que mamam ma Assembleia da Republica. Portante, o texto até não é meu, e estou à vontade. Mas, não fique melindrado. Sei felizmente o que os membros de uma junta de freguesia, ganham...alguns. Fique bem e sem qualquer melindre. O "toque" da questão era direccionado para outros chulos.
    Passe bem e os meus respeitosos cumprimentos.
    Mário Jesus

    ResponderEliminar
  9. Não fico nada melindrado, e acho que os textos que aqui se publicam podem e devem ser comentados se não isto torna-se muito insonso. E quem os comenta, assim como os próprios comentários, não é mais nem menos educado. Dos comentários e das polémicas é que nasce a luz...Não tenho é por norma, como esse tipo de "crítica" que publicou, meter tudo no mesmo saco. Há gente séria e digna entre os deputados e não só de uma cor política. É raro distinguir-se isso. Agradeço-lhe é as efemérides que aqui publica. Bom dia para si!

    ResponderEliminar
  10. Agradeço comovido o reconhecimento que o senhor me enalteceu pelas efemérides que aqui venho publicando. Só isso? Para mim ´+e pouco, mas respeito. Mas, somente o senhor não gostou que eu chamasse de "chulos" aos deputados que compõem aquele hemiciclo cheio de vícios, que estão lá para encher o seu "tu-tu" o deles deputados e governam os partidos, à pala, como o seu partido, provavelmente. Não gostaria contudo de continuar a alimentar mais esta discussão, pois a nossa idade não permite estar de costas viradas. Passe bem, um resto de dia feliz.
    Cumprimentos
    Mário Jesus

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.