domingo, 5 de junho de 2016

VALEU A PENA VIRMOS?

Esta gente não tem consciência. Bem sei que alguns se adaptaram perfeitamente ao sistema, falam impecavelmente, vendem o produto com simpatia. Provavelmente seguiram sempre em linha recta, nunca tiveram problemas de ordem psíquica. Os outros, mesmo os operários, integraram-se no capitalismo. Daí que eu já não acredite no carácter revolucionário da classe operária, contrariamente ao MRPP e ao PCP. Acredito numa certa pequena burguesia radical. Penso, todavia, que a grande maioria da população não tem consciência da dominação, do controlo e da alienação a que está sujeita. Nunca a manipulação e a lavagem ao cérebro foram tão longe como agora. O poder financeiro impõe a sua linguagem e controla tudo e todos. Tudo gira em torno do dinheiro. Os media e a publicidade vão-nos fazendo as cabeças. O imperialismo alemão e a Comissão Europeia ditam a sua lei. Que mundo de escravos. Onde está o homem livre? Onde está o homem que se levanta? Viveremos para sempre acorrentados e medicados? Viveremos para sempre doentes, sem vontade própria? Que mundo construímos? Não nascemos livres e sãos? Não nascemos para reinar sobre a terra? Não nascemos para o gozo e para a sabedoria? Porque viemos então? Valeu a pena virmos?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.